Ocorreu um erro neste gadget
"CLIQUE NA TELA" > 2 vezes para tela cheia <> Neste Canal você assiste programação ao "VIVO da NASA"

Reading matters posted by > Rubens Lessa Explains


Instale a barra de ferramenta do Google e traduza páginas da web instantaneamente com a detecção de idioma automática.

Homem na Lua: 40 anos


Em 20 de julho de 1969, os astronautas americanos Neil Armstrong e Edwin "Buzz" Aldrin se tornaram os primeiros seres humanos a caminhar na Lua. Depois deles, mais 10 astronautas, todos dos EUA, exploraram a superfície lunar


Leia aqui o artigo completo




Como funciona
a Nasa

Como funciona o
ônibus espacial


Como funciona a Lua

Durante milhares de anos as pessoas olharam para a Lua, imaginando o que haveria por lá. Em 1969, um astronauta pisou nela. O que há de especial na Lua? Do que ela é feita, e por que ela se mostra de maneira diferente conforme mudam suas fases?



Como funcionarão
os robonautas

Como funcionava
a Apollo



STS-132 Shuttle Mission Imagery

Congresso contraria planos de Obama de fechar Guantánamo

WASHINGTON (AFP) - - O Congresso dos Estados Unidos contrariou nesta terça-feira os planos do presidente Barack Obama de fechar a prisão de Guantánamo, rejeitando uma verba de 80 milhões de dólares e pedindo um projeto mais preciso sobre o destino dos prisioneiros.

Após a Câmara dos Representantes rejeitar a verba para fechar a prisão, na semana passada, o Senado adotou a mesma decisão, nesta terça-feira.

Pouco antes do início do debate na Câmara alta, Harry Reid, líder da maioria democrata no Senado americano, declarou que não permitiria que terroristas fossem libertados nos Estados Unidos.

"Jamais permitiremos que terroristas sejam libertados nos Estados Unidos", avisou Reid, em referência ao destino dos presos em Guantánamo. "O Senado, tanto democrata como republicano, não quer que terroristas sejam libertados" no território americano.

Quando o Senado analisava o projeto de orçamento suplementar para 2009, de 91,3 bilhões de dólares, para financiar as guerras no Iraque e no Afeganistão, Reid foi enfático ao rejeitar a verba para o fechamento de Guantánamo: "Este não é o momento adequado nem o projeto de lei para tratar do problema".

O número dois da maioria democrata, Richard Durbin, destacou que a decisão de fechar Guantánamo é injustificada, ao defender a retirada da verba do projeto de orçamento.

Washington segue determinado a fechar a prisão até janeiro de 2010, apesar da resistência do Congresso, afirmou mais cedo nesta terça-feira o porta-voz do Pentágono, Geoff Morrell.

O governo Obama planeja transferir alguns detidos de Guantánamo para prisões nos Estados Unidos e libertar outros, no território americano, após provar que são inocentes.

Fonte:>AFP
05/19 | 23:26 GMT